06 fevereiro 2017

Quatro pessoas ficam feridas em acidente na área central do Recife



Um grave acidente foi registrado na madrugada desta segunda-feira (6), na Avenida Agamenon Magalhães, na área central do Recife. Um veículo da WolksWagen capotou, derrubou um poste e bateu sob o viaduto da Avenida Norte, em Santo Amaro. De acordo com informações preliminares repassadas por bombeiros, quatro pessoas ficaram feridas foram levadas para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, na mesma região da cidade.
A batida aconteceu por volta da 1h30, no sentido Recife/Olinda. Com o impacto, o poste ficou destruído. Por volta das 4h30, após o acidente, a área estava sem energia. Os bombeiros informaram que quatro jovens estavam no veículo. Com idades entre 20 e 24 anos, eles tiveram fraturas e escoriações. Um rapaz sofreu traumatismo craniano.
Imagens da Companhia de Trânsito e Transportes Urbanos (CTTU) mostram o veículo trafegando em alta velocidade. O impacto da batida reforça essa informação. A capota foi arrancada. Os pedaços ficaram retorcidos e espalhados no chão. Por pouco, o automóvel não caiu no canal Derby/Tacaruna. Policiais militares, peritos e agentes da CTTU estiveram no local e isolaram a área.

Fonte: G1

Motorista leva multa de trânsito por dirigir moto sem cinto de segurança


Um morador de Praia Grande, no litoral de São Paulo, recebeu uma multa por um motivo um tanto quanto inusitado. A infração teria sido cometida quando a rapaz dirigia uma motocicleta, no bairro Boqueirão, sem cinto de segurança. A imagem da infração foi parar nas redes sociais e, em poucas horas, gerou milhares de compartilhamentos por conta do ineditismo.
De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a infração é considerada grave. O motorista enquadrado nessa irregularidade é punido com a perda de cinco pontos na carteira de habilitação e é obrigado a pagar uma multa no valor total de R$ 195,23. Caso o motorista some 21 pontos na CNH, dentro de 12 meses, a habilitação é suspensa.
A infração do condutor de Praia Grande, que prefere não se identificar, foi anotada por um agente de trânsito de Praia Grande, exatamente às 16h18 do dia 4 de janeiro deste ano, na esquina das ruas Pernambuco e Bahia, no bairro Boqueirão. O motociclista resolveu recorrer e, de acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito, a multa foi anulada.
"Assim que constatado o erro, a multa foi anulada. O problema foi causado por falha no preenchimento do auto de infração de trânsito por uma agente durante a fiscalização", explicou, por meio de nota, a Prefeitura de Praia Grande.
A secretaria aponta ainda que foi aberta uma apuração administrativa e que todos os funcionários públicos estão passando por novas orientações para evitar situações como essa.

Asteroide passa perto da Terra e outro estaria em rota de colisão





O Observatório Nacional informou que um asteroide de grandes dimensões passa perto da Terra neste domingo (5), mas que não há risco de colisão. O objeto, identificado como 2013FK, tem 94 metros de diâmetro e passará a uma distância, segura, de 2,7 milhões de quilômetros do planeta. Há outro corpo celeste a caminho do planeta. Segundo o russo Dyomin Damir Zakharovich, o 2016 WF9 colidirá com a Terra no dia 16 de fevereiro.
De acordo com o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações  e Comunicações, o monitoramento espacial é feito pelo Observatório Nacional por meio do projeto Impacton (Iniciativa de Mapeamento e Pesquisa de Asteroides nas Cercanias da Terra). No Brasil, ele é feito por um telescópio, com espelho de 1,5 metro, instalado no interior do estado de Pernambuco.
No Observatório do Sertão de Itaparica, em Itacuruba (PE), são estudadas as propriedades físicas desses objetos. Além do 2013FK, o monitoramento identificou que, em outubro, outro asteroide, de 19 metros, passará a 38.400 quilômetros da Terra, o que representa um décimo da distância entre a Terra e a Lua. Também não existe chance de colisão.
Com o equipamento, os pesquisadores conseguem estudar as propriedades físicas dos asteroides. “A depender do seu brilho, tamanho e distância, um objeto pode ser visto da Terra até mesmo com o uso de binóculos”, diz nota do ministério.
Em 23 de setembro, o objeto 2006SR131, com 11 metros, se deslocará perto da Terra, a uma distância aproximada de 153 mil quilômetros. Até o momento, são os dois únicos identificados que estarão numa distância inferior entre a Terra e a Lua, que é de aproximadamente 384 mil quilômetros.
Fonte: Nasa

Chefão do PMDB no RJ promete a Cabral ‘proteção’ ao filho dele




O chefão do PMDB no estado do Rio de Janeiro, Jorge Picciani, visitou o ex-governador Sérgio Cabral na prisão, em Bangu, e prometeu ao detento proteger o filho dele, Marco Antônio Cabral.
De acordo com a informação, Picciani disse ao ex-governador que o filho dele não será abandonado politicamente e que o fundo partidário do PMDB será generoso com Marco na reeleição da Câmara, em 2018.
Marco Antônio Cabral tem 25 anos, é deputado federal e já foi secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude.
Fonte: O Globo

Mina de ouro de Eike na Colômbia não produziu nem um grama




O empresário Eike Batista, antes de ser preso, na semana passada, acusado de pagar propina ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, disse, em entrevista à Rede Globo, que era dono de uma mina de ouro na Colômbia. "É a maior mina de ouro da Colômbia. Cem por cento minha", disse Eike.

Na La Bodega, nome da mina, nada de ouro e prata, mas, sim, muita polêmica. A equipe do Fantástico foi à Califónia, no país colombiano. Um vilarejo localizado no Nordeste com 1.800 habitantes. Segundo a reportagem, há mais de 20 anos que não há produção de ouro na região.
"Nem um grama", garantiu Fredy Gamboa, presidente do Sindicato dos Mineiros da região. Ele ainda ressaltou que as empresas que chegaram lá "nunca saíram da fase de prospecção".
As oportunidades de ouro na região eram grandes. A primeira empresa que chegou encontrou boas possibilidades de investimento e expansão da riqueza mineral, o que chamou a atenção de mineradoras multinacionais. Em 2011, foi a vez de Eike. O empresário comprou a La Bodega, que pertencia a um grupo canadense, por quase R$ 1,4 bilhão.
Um geólogo colombiano negou a afirmação de Eike sobre a mina ser a maior do país. "É uma mina com grande potencial, mas não é a maior. É boa, mas hoje não é a maior", disse. Na época da compra, foi feito um vídeo institucional, que prometia um mega desenvolvimento na região. 
"Nesse projeto, entramos com mão de obra barata. As melhores vagas nunca foram para pessoas do município. Fomos postos de lado e a empresa não fez nada para a infraestrutura do município. O senhor Batista não deixou nenhuma obra aqui", desabafou Rosa Mira Mendoza, líder comunitária, acrescentando que ficou feliz em saber que Eike tenha falido.
Aquisição
Um doleiro ouvido na investigação revelou que a compra da La Bodega foi utilizada como justificativa para pagar uma propina de R$ 55 milhões para Cabral. Para repassar o dinheiro, contou o doleiro, Eike elaborou um contrato fictício simulando que o profissional ganhava comissão para viabilizar o pagamento ilícito.
Atualmente, a mina de ouro não pertence mais à OAX, empresa que integrava o "Império X". Foi vendida a um novo fundo de investimentos de Abu Dhabi por um valor irrisório, já que a companhia de Batista devia milhões aos financistas árabes.


MEC divulga hoje resultado da primeira chamada do ProUni





O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (6) o resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os candidatos pré-selecionados têm até o próximo dia 13 para apresentar à instituição de ensino os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.
A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato. Os resultados estarão disponíveis na página do Prouni, na Central de Atendimento, pelo telefone 0800-616161, e nas instituições de ensino participantes do programa.
O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 20 de fevereiro. Aqueles que não forem selecionados ainda terão a chance de participar da lista de espera nos dias 7 e 8 de março.
O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de educação superior de todo o país. A seleção dos candidatos, é feita com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
Bolsas
Neste processo seletivo, são oferecidas 214.110 bolsas de estudo, número que representa crescimento de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram ofertadas 203.602 bolsas.
Do total de bolsas ofertadas, 103.719 são integrais e 110.391 parciais — o governo federal cobre 50% da mensalidade. Para acesso ao processo seletivo, na página eletrônica do programa, o candidato deve informar o número de inscrição e a senha usados no Enem. É possível escolher até duas opções de curso, por ordem de preferência.
As inscrições terminaram na última sexta-feira (3). Até as 14h do último dia de inscrição, segundo o MEC, o ProUni registrou 1.380.026 inscritos e 2.666.825 inscrições - uma vez que os candidatos podem fazer até duas opções de curso.
Podem concorrer às bolsas os estudantes que fizeram o Enem, não zeraram a redação e alcançaram o mínimo de 450 pontos nas provas. Em 2016, 6,1 milhões de estudantes fizeram o exame. Os candidatos também não podem ter diploma de curso superior
Além disso, devem ter cursado o ensino médio em escola pública ou, na condição de bolsista integral, na rede particular e comprovar renda familiar de até um salário mínimo e meio para a bolsa integral e de até três salários mínimos para a parcial. Também podem participar pessoas com deficiência e professores da rede pública que integrem o quadro permanente da instituição de ensino. Com informações da Agência Brasil.

03 fevereiro 2017

Hackers derrubam site de presidente do Senado e divulgam dados


O grupo de hackers Anonymous Brasil anunciou nesta tarde que derrubou o site de Eunício Oliveira, novo presidente do Senado. Além disso, o grupo divulgou alguns dados pessoais do senador.
A informação foi publicada pelo coletivo em sua conta do Facebook. EXAME.com tentou acessar o site oficial do novo presidente do Senado, mas constatou que ele está, de fato, fora do ar.
“Site do Senador Eunício Oliveira #offline por tempo indeterminado”, escreveu o Anonymous Brasil sem seu Facebook.
Poucas horas depois, uma nova publicação foi feita com um link para um arquivo contendo informações sobre o político. Além de informações como CPF e endereço, está lá uma lista de bens do senador.
A listagem de bens, aliás, é a mesma fornecida pelo parlamentar em sua inscrição para sua campanha de 2010 (ano no qual foi eleito senador pelo Ceará).
No material divulgado pelo Anonymous Brasil, Eunício aparece com bens totalizando mais de 36 milhões. Outra, publicada em 2014, no entanto, traz um total de 99 milhões de reais em bens. Em 2014, Eunício Oliveira foi candidato a governador do Ceará, o que o obrigou a divulgar uma lista atualizada de bens.

Polêmicas

O Anonymous Brasil afirma ter deixado o site fora do ar e divulgado dados pessoais do senador como protesto. Eunício Oliveira foi citado durante delações premiadas da Operação Lava Jato.
Em uma das mensagens, o grupo de hackers incentiva que pessoas liguem para o telefone do senador para questiona-lo sobre seu envolvimento com propinas.
Fonte: Exame