14 março 2016

Faltam especialistas em microcefalia no Brasil


Apesar do crescente número de bebês diagnosticados com microcefalia em todo o Brasil, o número de especialistas nas unidades de saúde é baixo. Estudo feito pela Universidade de São Paulo (USP) em parceria com o Conselho Federal de Medicina, mostra que o país tem hoje 34,6 mil pediatras, o equivalente a 19,2 médicos para cada 100 mil habitantes, mas o índice é desigual de acordo com a região do país. Enquanto Distrito Federal e São Paulo têm índices de 46,2 e 22,6 pediatras por 100 mil habitantes, respectivamente, Bahia tem taxa de 8,4 e Pernambuco, de 11,2. A distribuição dos neurologistas pelo país também é discrepante. A média brasileira é de 2,4 especialistas para cada 100 mil habitantes, mas nos dois estados nordestinos mais afetados pela microcefalia, Pernambuco e Bahia, esse índice é de 1,4 e 1, respectivamente.

Fonte: Diario de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário