12 abril 2016

El Niño é responsável pela escassez de chuva


A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) estima que as chuvas dos próximos três meses não devem melhorar a situação das barragens em colapso. De acordo com o órgão, dois principais fatores influenciam a escassez de chuvas no estado: o fenômeno El Niño, que compromete a formação de nuvens, e o Oceano Atlântico, responsável pelos ventos que respondem a comportamentos térmicos. 

Romílson Ferreira, metereologista da Apac, explica que tudo que acontece na metereologia tem relação com os oceanos. Segundo ele, o principal fator que faz chover em Pernambuco é a Zona de Convergência Intertropical, uma massa que circunda o planeta, próximo à linha do Equador. Ela é formada pelo encontro dos ventos que sopram do oceano para o continente e se desloca para norte ou sul seguindo a parte mais quente da linha do Equador. 

Com informações: DPnet

Nenhum comentário:

Postar um comentário