28 junho 2016

Homem é flagrado transportando cocaína a mando de presidiário

A Polícia Federal em Pernambuco (PF-PE) prendeu, na última sexta (24), um homem responsável pelo transporte de três quilos de cocaína na divisa do estado com Alagoas. De acordo com a corporação, a droga estava dividida em tabletes e seria vendida a usuários das classes média e alta na capital pernambucana e o transporte foi solicitado por um interno do Complexo do Curado, na Zona Oeste do Recife. As informações foram divulgadas nesta segunda (27).Após a Delegacia de Repressão a Entorpecentes informar que um suspeito teria saído de São Paulo com destino a Recife transportando drogas, a PF montou uma barreira policial no município de Xexéu, em Pernambuco. Por volta das 4h da sexta (24), o veículo indicado pela Delegacia foi identificado pelos policiais federais. Durante a parada, o motorista demonstrou nervosismo e divergia das perguntas feitas pelas autoridades.


Após a abordagem inicial, o veículo e o suspeito foram encaminhados à sede da PF em Pernambuco, no bairro do Recife. No local, foram encontrados três tabletes de cocaína escondidos no interior da lateral traseira do carro, ao lado do banco do passageiro.

Durante o interrogatório, o homem de 33 anos, morador de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes e sem antecedentes criminais, informou que era usuário de maconha e durante conversas com outros usuários recebeu uma proposta para ir até São José dos Campos, em São Paulo, para transportar cocaína a mando de um presidiário do Complexo do Curado. Para realizar o serviço, o homem receberia a quantia de R$ 10 mil.Desse total, foram adiantados R$ 4 mil para custear despesas como a locação do carro usado na viagem até Pernambuco. Ainda no interrogatório, o homem afirmou estar numa situação financeira difícil e aceitou realizar o transporte de cocaína para pagar suas dívidas. Além da cocaína e do carro, foram apreendidos três celulares.

Após a droga ser encontrada, o homem foi autuado por tráfico interestadual de drogas. Depois de fazer o exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), o homem foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Everaldo Luna (Cotel). Caso seja condenado, ele pode cumprir pena que varia de cinco a 15 anos de reclusão.

Outras apreensões
De acordo com a PF, essa é a 11ª apreensão de drogas feita somente em 2016. Ao todo, 15 pessoas já foram autuadas, sendo doze homens e três mulheres. Em maio, por exemplo, foram apreendidos 49 quilos de maconha em um carro abandonado na BR-232, no município de Moreno.
No mesmo mês, a PF também apreendeu 13 quilos de haxixe no Aeroporto Internacional do Recife. A droga estava com um suspeito de 32 anos, que chegava de um avião vindo de Lisboa, em Portugal.
Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário