16 agosto 2016

PF e MPF estão com dificuldade de localizar Dudu da Fonte e colega do Ceará



Dois deputados investigados pela Operação Lava Jato sob suspeita de receber propina do esquema de desvios da Petrobras despertaram reação das autoridades por atrasar as investigações que tramitam no STF (Supremo Tribunal Federal). Em inquérito, o oficial de Justiça informou que não consegue localizar o deputado federal Anibal Gomes (PMDB-CE) para intimação. 

Em outro, os peritos da Polícia Federal informaram que o parlamentar Dudu da Fonte (PP-PE) não compareceu a um exame de voz. No inquérito em que Anibal já foi denunciado pela Procuradoria Geral da república por suposto recebimento de R$ 3 milhões em propina, um oficial do STF informou ao ministro relator, Teori Zavascki, a “impossibilidade de localização do denunciado em Brasília”, e por isso desenvolveu o mandado de citação sem cumprimento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário