15 setembro 2016

Benefício limitado preocupa famílias de crianças com microcefalia


Dinheiro a mais, com data marcada para ser cortado. É com essa preocupação que famílias de bebês com microcefalia têm convivido desde a publicação da Lei Federal 13.301, de 27 de junho de 2016. A matéria limita a três anos o Benefício de Prestação Continuada (BPC) para crianças com a malformação associada a doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário