23 setembro 2016

Delegada afirma que suspeito de estupro tentou desqualificar vítima



O suspeito de ter estuprado uma estudante de 21 anos no metrô do Recife, na quarta-feira (21), foi ouvido pela Polícia Civil na quinta-feira (22). De acordo com a gestora da Delegacia da Mulher, Inalva Regina, ele negou o crime e tentou desqualificar a vítima durante o depoimento. Apesar de ter sido levado à Central de Flagrantes da Polícia Civil, no dia do abuso, o homem acabou sendo liberado pelas autoridades.

O homem, suspeito de abusar sexualmente da estudante em duas oportunidades em um curto intervalo de tempo, foi intimado pela delegada responsável pelo caso, Ana Elisa Sobreira, a comparecer à delegacia nesta sexta-feira (23). No entanto, resolveu se apresentar espontaneamente na quinta. Segundo Inalva Regina, ele está sendo “muito bem orientado pela advogada”. “Ele já saiu da Central de Flagrantes com uma profissional”, citou.

Muito solícito, ele teria negado todos os fatos contados pela vítima e tentado desqualificar tudo que ela disse em seu depoimento. “Ele afirma que nem a conhece e que nunca a viu. Ele até se dispôs a se procurar nas câmeras do metrô. Claro que isso não se faz, isso é papel da polícia e nós explicamos para ele. Ele está sendo muito bem orientado pela advogada, isso sim”, repassou a gestora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário