16 dezembro 2016

Mais de 17 mil pessoas ainda não sacaram o abono salarial em PE

Pernambuco, mais de 17 mil pessoas ainda não sacaram o abono salarial do PIS/Pasep, referente ao ano base de 2014. O benefício de R$ 880 pode ser retirado até o dia 29 de dezembro por quem trabalhou pelo menos dois meses com carteira assinada em 2014, com vencimento mensal médio de até dois salários mínimos. O prazo para saque termina em duas semanas. No estado, 28.207 pessoas tinham direito ao abono, das quais 10.512 retiraram o benefício até o dia 29 de novembro.
Se somados, todos os benefícios não sacados chegam a R$ 15,5 milhões. Para saber se tem direito ao abono, trabalhador deve informar o número do CPF ou do PIS/Pasep e data de nascimento no portal portal do Ministério do Trabalho. Também é possível se informar pelo telefone 0800.726.02.07 e pela Central de Atendimento Alô Trabalho, do Ministério do Trabalho, pelo número 158.
O superintendente regional da Caixa, Paulo Nery, explicou que quem é correntista da Caixa já teve o abono creditado. Quem não é, precisa ir a uma agência da rede, como casas lotéricas, e fazer o saque do benefício. "É importante lembrar que o PIS e o Pasep são pagos de acordo com as informações prestadas pela empresa empregadora. Caso a empresa não tenha informado os dados corretamente, o trabalhador deve procurar o setor de Recursos da própria instituição, para regularizar-se", disse.
Os dados sobre os empregados devem ser informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Como no dia 30, data-limite para o saque, não haverá expediente bancário, quem possui Cartão Cidadão com senha registrada pode sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal e em casas lotéricas.
Pasep
Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800.729.00.01.

Nenhum comentário:

Postar um comentário