15 dezembro 2016

Zona Azul no Centro do Recife será ampliada a partir desta sexta



A Zona Azul será ampliada no Centro do Recife a partir desta sexta-feira(16 ) pela Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU). A ação vai ser efetuada nas ruas do Brum e Corredor do Bispo, no Bairro do Recife e no bairro da Boa Vista, respectivamente. Serão no total 85 vagas de Zona Azul somadas às aproximadamente 2.800 já regulamentadas. A medida visa a "disciplinar o estacionamento nos locais, garantindo a rotatividade das vagas disponibilizadas no espaço público" segundo a CTTU. 

Na Rua do Brum, haverá a implantação de 51 vagas de Zona Azul, uma delas sendo destinada a carga e descarga, entre as ruas do Observatório e Bione. Entre a Rua do Observatório e a Travessa Tiradentes as novas vagas serão feitas nos dois lados da via, já no trecho entre a Travessa Tiradentes e a Rua Bione, vão ser implantadas no lado direito da rua. 

A Rua Corredor do Bispo ganhará 34 vagas novas vagas de Zona Azul, que serão implantadas nos dois lados da via, no trecho entre a Rua Gervásio Pires e a Avenida Oliveira Lima. 

A Zona Azul continuará a funcionar das 8h às 18h nos dias úteis, e, das 8h às 12h, aos sábados. O tempo máximo de permanência do veículo será de duas horas. Também serão colocadas nos locais 44 placas de sinalização vertical. A multa para quem estacionar de forma irregular nas vagas de Zona Azul é grave, de R$ 195,23, e cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação e o veículo fica passível de ser removido para o depósito.

Até o fim de dezembro, a área central da cidade terá uma nova ampliação da Zona Azul. Entre as vias onde as vagas serão implantadas estão as ruas de São Jorge, Barão de São Borja, José de Alencar e Vital de Oliveira. Atualmente no Recife, os condutores contam com cerca de 2.800 vagas rotativas destinadas a carros (incluindo as vagas exclusivas para deficientes e idosos), motos, ônibus de turismo e veículos de carga e descarga distribuídas no Bairro do Recife, São José, Santo Antônio, Boa Vista e Madalena.

Fonte: Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário