06 janeiro 2017

Justiça cancela debate sobre aumento de passagens de ônibus no Grande Recife



Foto: Jedson Nobre/Folha de Pernambuco


Uma decisão judicial cancelou a reunião sobre o reajuste das tarifas de ônibus urbanos que circulam no Grande Recife. O encontro aconteceria às 8h desta sexta-feira (6), no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. O processo, impetrado por Márcio José da Silva Moraes, que é membro do Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), foi acatado pelo juiz Heriberto Carvalho Galvão na última quinta (5).

No entanto, segundo Márcio Moraes, o encontro desta sexta deve acontecer com o intuito de discutir outros pontos. "Não vai haver a reunião para discutir o reajuste. Vamos discutir outros pontos no encontro. Não temos condições de debater ou votar em algo que não temos ciência", comentou o membro do conselho. Segundo o advogado Pedro Josephi, integrante da Frente de Luta pelo Transporte Pública, o Estado foi notificado nesta sexta. 

Após a decisão apresentada nesta sexta, cerca de 40 estudantes iniciaram um protesto em frente a sala Recife do Centro de Convenções. A Polícia Militar de Pernambuco acompanha o ato. 

O Secretário das Cidades, Francisco Papaléo, que é presidente do Conselho Superior de Transporte Metropolitana, chegou ao local por volta das 9h e foi recebido sob gritos e vaias. 

Alguns conselheiros e representantes de órgãos como Grande Recife Consórcio de Transporte, Companhia de Trânsito e Transporte Urbano e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos já chegaram ao local. Todos foram bastante hostilizados pelos estudantes.

A proposta do setor empresarial é de um aumento de 33,9%, o que elevaria o anel A - utilizado por cerca de 75% dos usuários - de R$ 2,80 para R$ 3,75; e o B, de R$ 3,85 para R$ 5,15. 


Fonte:Folha de Pernambuco

Nenhum comentário:

Postar um comentário