30 janeiro 2017

Lava Jato vira roteiro turístico em Curitiba




“Venha conhecer os lugares que aparecem no noticiário e saiba mais sobre a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o Brasil já teve”. O convite é de uma agência de turismo curitibana e o roteiro tem a operação Lava Jato como destaque.  A tour, que tem duração de até quatro horas, com saídas às 8h30 e às 13h30, custa R$ 375 e a reserva pode ser feita online.
O passeio passa por seis “cartões-postais” entre eles, a Procuradoria-Geral da República, a Universidade Federal do Paraná, a Justiça Federal, a Polícia Federal, o Complexo Médico-Penal e inclui até um endereço mais tradicionalmente turístico como opção, o Museu Oscar Niemeyer. A justificativa explica, no entanto, que a parada opcional não sai do tema. O lugar é “onde estão guardadas obras apreendidas durante a operação Lava Jato”.
“Nosso guia levará material de apoio com gráficos e ilustrações para mostrar como funcionam as investigações”, explica o site do roteiro. São aceitos grupos de até 10 pessoas. O panfleto virtual ainda orienta os participantes: “Vista roupas confortáveis e sapatos adequados para caminhar”.
Leia como o roteiro é detalhado no site: 
Procuradoria da República: local de trabalho da força-tarefa que monta os processos da Lava Jato
Universidade Federal do Paraná: onde o juiz Sergio Moro leciona desde 2007
Justiça Federal: sede da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba é especializada em crimes financeiros e de lavagem de ativos e onde trabalha o juiz Sergio Moro
Polícia Federal: sede da investigação da Lava Jato e local de carceragem provisória
Complexo Médico-Penal: carceragem onde estão presos os investigados e já julgados da Lava Jato
Parada opcional: Museu Oscar Niemeyer, onde estão guardadas obras apreendidas durante a operação Lava-Jato.
Fonte: Minuto a Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário